Subscribe News Feed Subscribe Comments

Marley & eu - Vida e amor ao lado do pior cão do mundo - John Grogan

Resumo:

John e Jenny haviam acabado de se casar. Eles eram jovens e apaixonados, vivendo em uma pequena e perfeita casa e nenhuma preocupação. Jenny queria testar seu talento materno antes de enveredar pelo caminho da gravidez. Ela temia não ter vindo com esse 'dom' no DNA, justamente porque matara uma planta, presente do marido, por excesso de cuidado - afogando-a.

Então, eles decidiram ter um mascote. Vão a uma fazenda, escolhem Marley, ao tomar contato com uma ninhada, porque também ficam encantados com a doçura da mãe, Lily; só depois têm uma rápida visão do pai, Sammy Boy, um cão rabugento, mal-encarado e bagunceiro. Rezam para que Marley tenha puxado à mãe, porém suas 'preces' não são atendidas.

A vida daquela família nunca mais seria a mesma. Marley rapidamente cresceu e se tornou um gigantesco e atrapalhado labrador de 44 kg, um cão como nenhum outro. Ele arrebentava portas por medo de trovões, rompia paredes de compensado, babava nas visitas, apanhava roupas de varais vizinhos, e comia praticamente tudo que via pela frente, incluindo tecidos de sofás e jóias. As escolas de adestramento não funcionaram - Marley foi expulso por ter ridicularizado a treinadora.

Mas, acima de tudo, o coração de Marley era puro. Da mesma forma que ele recusava alegremente qualquer limite ao seu comportamento, seu amor e lealdade também eram ilimitados. Marley repartia o contentamento do casal em sua primeira gravidez e sua decepção quando sobreveio o aborto.

Ele estava lá quando os bebês finalmente chegaram e quando os gritos de uma adolescente de dezessete anos cortaram a noite ao ser esfaqueada. Marley 'fechou' uma praia pública e conseguiu arranjar um papel num filme de longa-metragem, sempre conquistando corações ao mesmo tempo em que bagunçava a vida de todo mundo.

Por todo esse tempo, ele continuou firme, um modelo de devoção, mesmo quando sua família estava quase enlouquecendo. Eles aprenderam que o amor incondicional pode vir de várias maneiras.


Assista ao Trailer do filme baseado neste livro



Assista a cena mais linda do filme, esta mensagem bate bem fundo no coração dos que amam, essas coisinhas lindas chamadas cachorros, mais que na realidade deveriam ser chamados de anjos, pois é o que eles são, nos amam incondicionalmente e além de disto nos protege, eu ri muito neste filme, mais chorei também, prestem bem atenção na mensagem desta cena. Linda e Verdadeira!




2 comentario:

Daniele Organista disse...

Esse livro é maravilhoso, assim como o filme também, vc ri e chora durante toda a história.

Carol disse...

Esse livro é bom de mais, e o filme então emocionante. Chorei nos dois! E olha que não sou muito de chorar. Sou apaixonada por cães tb, então concordo muito com a mensagem no final do filme.

 
K Romances | TNB
BlogBlogs.Com.Br